Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Um homem esfaqueado treze vezes por sua namorada propôs casamento a ela no tribunal

(foto: NTR-24 TV/Divulgação)

O pedido foi feito no tribunal, durante o julgamento da mulher pelo crime. O caso se deu na Rússia. As informações são da emissora NTR-24 TV.

De acordo com a TV russa, Shakur implorou ao juiz para que a amada (cujo nome não foi divulgado) não fosse presa. Segundo a promotora da cidade de Nizhnekamsk, o rapaz só sobreviveu aos ataques porque conseguiu fugir do local da agressão. As perfurações, realizadas por todo o corpo da vítima, renderam três semanas de internação.

Apaixonado, Shakur aproveitou o momento em que a namorada se levantou para ouvir o juiz para pedi-la em casamento. A moça, que pode pegar até 6 anos de prisão por tentativa de homicídio, se declarou culpada, embora tenha negado a intenção de matar o namorado. Alegou que estava bêbada.

Shakur apelou para a complacência da corte e disse que pretende acertar a data do matrimônio com a acusada em breve. Diante das circunstâncias, a decisão o julgamento foi adiado.

Portal Uai.


Nenhum comentário:

Postar um comentário