Webradio "ao vivo"

Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.



Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).






SP: governo do estado mobiliza empresas privadas para produção e distribuição de oxigênio

imagem: arquivo / reprodução

O objetivo é aumentar a disponibilidade do gás hospitalar e dos cilindros necessários para a criação de novos leitos


O governo de São Paulo iniciou uma ação de mobilização da iniciativa privada para produção e distribuição de oxigênio. Nesta segunda-feira (22), o governador do estado, João Doria, participou de uma reunião virtual com fornecedores de gases hospitalares e demais empresas que podem contribuir com a produção e logística do produto no estado.

O objetivo é aumentar a disponibilidade do gás hospitalar e dos cilindros necessários para a criação de novos leitos. Para os leitos já existentes, os fornecedores asseguraram o fornecimento. Com isso, o estado espera não sofrer com o desabastecimento.
 
Durante o encontro, as companhias que fornecem gases hospitalares em São Paulo informaram que vão honrar os contratos em andamento, inclusive considerando a ampliação na estrutura hospitalar devido a abertura dos novos leitos.

A iniciativa contou com a participação de grandes empresas que já aderiram à ação de fornecimento de oxigênio para os pacientes graves contaminados pelo coronavírus. A AMBEV, por exemplo, vai montar, em 10 dias, uma usina exclusivamente dedicada ao envase de oxigênio na região de Ribeirão Preto, para fornecimento gratuito ao setor público de saúde.

Fonte: Br 61



Notícia com apoio cultural de    http://qsaudavel.com 


Nenhum comentário:

Postar um comentário