Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

"Rattle That Lock" de David Gilmour estreia no topo da parada britânica álbuns.

Imagem: Divulgação
 
 
David Gilmour letras"Rattle That Lock", o quarto álbum solo de David Gilmour (ao lado) estreou no topo da parada britânica de álbuns.
 
O ex-guitarrista do Pink Floyd volta ao número 1 apenas nove meses depois de ter chegado lá com "The Endless River", que, segundo o músico, foi derradeiro álbum da banda que o consagrou. O disco do veterano vendeu o equivalente a 20 mil unidade a mais que "Honeymoon", o terceiro álbum de Lana Del Rey, que acabou na vice-colocação.
 
O top 5 teve ainda mais uma novidade: "75 At 75 - 75 Carrer Spanning Hits", uma ambiciosa coletânea do pioneiro do rock inglês Cliff Richard que ficou no quarto lugar.
 
"I Cry When I Laugh" de Jess Glynne subiu uma posição e ficou com o terceiro posto e "Keep The Village Alive" dos Stereophonics, que encabeçou a lista na última semana, caiu para a quinta colocação.
 
"What A Time To be Alive", a mixtape que os rappers Drake e Future no sexto posto e "Crosseyed Heart" o terceiro trabalho solo de Keith Richards, o guitarrista dos Rolling Stones em sétimo foram as outras estreias no top 10.
 
Os mais recentes lançamentos de Gabrielle Aplin, Shinedown, Ryan Adams, Carly Rae Jepsen, Rhodes, Section Boyz e de Chris Cornell foram os outros trabalhos que apareceram pela primeira vez no top 40.