Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Investimento em inovação pode ajudar Brasil sair da crise

imagem: arquivo / reprodução

Com a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, a economia também sofreu fortes impactos em 2020. Para a retomada do setor, a inovação nos pequenos negócios pode ser uma aliada para driblar a crise. A conclusão foi tirada de um encontro virtual realizado na última quinta-feira (1º), que faz parte da programação especial do Mês da Inovação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).  

Durante todo o mês de outubro, o Sebrae preparou uma programação intensa. O ponto alto do Mês da Inovação será a realização do Case & Startup Summit 2020.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, destacou, durante o encontro, a importância das parcerias firmadas com as instituições que vão participar da programação. Em especial, ele ressaltou o apoio do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, da Associação Brasileira de Startups e do Facebook.

O diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick, afirmou que a pandemia acelerou os processos que já vinham sendo percebidos na economia. Ele comentou que a inovação se tornou algo imprescindível e urgente para as empresas.

O encontro virtual recebeu também a jornalista Maria Prata, que ressaltou que empreendedores bem sucedidos são aqueles que sabem explorar os momentos de mudança como oportunidades para produtos e serviços inovadores.

Para saber mais sobre o Mês da Inovação, acesse sebrae.com.br

Fonte: Br 61

Notícia com apoio cultural de    http://emporionaturalista.com.br 


Nenhum comentário:

Postar um comentário