Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Um adolescente em ação no Youtube


Phcortes: foto_jalton_garcia_rba


Meus heróis negros. Um adolescente em ação no Youtube.

O adolescente PhCôrtes criou um quadro em seu canal no YouTube para celebrar personalidades negras brasileiras.


Eloquente e simpático, PhCôrtes comanda seu canal com o pequeno computador direto de seu quarto.

Nada de skate, bicicleta ou aparelho eletrônico. O que Pedro Henrique Côrtes ganhou de presente no Dia da Criança em 2014 trouxe mudanças muito mais profundas em sua vida do que um simples objeto seria capaz de promover: o bilhete para assistir ao espetáculo O Topo da Montanha, que faz alusão ao último discurso de Martin Luther King, um dos mais importantes líderes do movimento pelos direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

Em cartaz no Brasil desde o início de outubro, a peça protagonizada e produzida por Lázaro Ramos e Taís Araújo encantou o adolescente e despertou nele o desejo de conhecer mais profundamente histórias de pessoas negras que fizeram a diferença no mundo.

"Fiquei muito tocado e no dia seguinte pedi para minha mãe que meu presente de Natal fossem as biografias de ­Mandela, Luther King e Malcom X. Ela se comprometeu a me dar com uma condição: de que eu fosse pesquisar sobre os nossos heróis negros brasileiros. Foi aí que descobri muitos heróis. Como queria fazer um vídeo para o Dia da Consciên­cia Negra, minha mãe me sugeriu que eu fizesse um vídeo sobre esses heróis, mas como eram muitos anunciei a ela que iria fazer um quadro e a cada vídeo falaria de um herói", afirma Pedro Henrique, mais conhecido como PhCôrtes.

Bonito e expressivo em frente à câmera, o garoto afirma se sentir inspirado por tantos homens e mulheres que, negros como ele, foram brilhantes em ­suas lutas: "Se eu fico assim tão inspirado, compartilhar me dá a esperança de incentivar outros também… Depois que falo a história deles, eu sempre tenho uma reflexão final, porque é isso que acontece comigo, esses heróis me fazem repensar tudo, e me dão ânimo pra buscar meus sonhos. Acredito de verdade que mostrá-los à nova geração mudará uma mentalidade, dará força para a juventude lutar pelos seus sonhos".

Em menos de três meses, o canal de PhCôrtes no YouTube passou de 156 inscritos para mais de 8 mil – quando a edição impressa da Rdb foi finalizada, eram menso de 7 mil –, uma visibilidade que superou suas expectativas. "Quando comecei esse quadro, imaginei, sim, que teria visibilidade, mas não nessa proporção! Tem sido uma experiência muito boa e me estimula a cada vez pesquisar e gravar mais", diz, animado.

O primeiro clipe da série Meus Heróis Negros Brasileiros contou a história de Zumbi dos Palmares. Lançado em 23 de novembro do ano passado, o primeiro episódio tinha alcançado, até meados de janeiro, mais de 22 mil visualizações. PhCôrtes começa o vídeo explicando porque decidiu criar este quadro: "Eu acho que nós, brasileiros, conhecemos muitas coisas sobre o mundo, mas não conhecemos coisas sobre nós mesmos, sobre a nossa cultura".

Ao final, ensina: "Zumbi não morreu. Zumbi é o morto que reviveu. Ele está em cada um que luta pelos seus direitos, que não esquece de suas origens, em todos os lutadores que acreditam e que lutam pelo o que acreditam. Se você é uma dessas pessoas, Zumbi está em você. Zumbi está em mim. Zumbi está em todos esses heróis negros do Brasil que eu vou citar durante este quadro".

Além da história do líder do Quilombo dos Palmares, o quadro de Pedro Henrique já apresentou a trajetória e a importância do escritor Machado de Assis, do líder abolicionista Luiz Gama e, no primeiro vídeo lançado em 2016, o ­almirante negro João Cândido. O garoto anunciou que também trataria das heroínas negras brasileiras. "No quilombo, ela plantava como todos, trabalhava na produção de farinha de mandioca, empunhava armas e liderou as falanges feministas do exército do quilombo, derrubando mais uma vez esse mimimi de que 'mulher é o sexo frágil'", narra o youtuber ao apresentar a guerreira Dandara, mulher de Zumbi e também líder do Quilombo dos Palmares.



JORGE BISPO/DIVULGAÇÃO_divulgação
Cena de O Topo da Montanha, com Lázaro Ramos e Taís Araújo: inspiração


Sonho possível

Para PhCôrtes, o quadro é uma forma de combater o preconceito, do qual ele já foi vítima. "Eu estava voltando do inglês para a minha casa e percebi que um senhor que estava à minha frente ficou preocupado, colocou a mão no bolso e começou a caminhar apressadamente. Aí corri para ficar à frente dele, para que ele percebesse que eu não tinha intenção de fazer nenhum mal a ele. Cheguei em casa um pouco triste e depois deletei", lembra. Seus vídeos pretendem mostrar que os "negros foram e são tão importantes e célebres quanto outros povos que aqui se estabeleceram".

Meus Heróis Negros Brasileiros pretende fazer com que a sociedade reflita sobre a questão do preconceito. Mas o impacto desses vídeos vão além do social. Segundo Egnalda Côrtes, mãe de Pedro Henrique, o canal também o tem ajudado a superar a timidez. "Esse trabalho é expressivo e importante não somente para a comunidade negra, mas para todo o povo brasileiro que pouco conhece sobre sua própria história. É algo novo. Ele é um garoto tímido, o canal foi uma forma de extravasar sua criatividade e de se mostrar mais como pessoa, com suas descobertas e reflexões. O novo por vezes o assusta, mas também o motiva", afirma a ex-executiva de operações de call center.

Com apenas 13 anos, Pedro Henrique já está se esforçando para realizar um ­ideal. "Meu grande sonho é de que no Youtube os negros ganhem a visibilidade e importância que não têm na TV e nem em campanhas publicitárias."

Para assistir aos vídeos do quadro Meus Heróis Negros Brasileiros, acesse www.youtube.com/user/Phcortesmotta1




por: Por Xandra Stefanel, para a RBr


Você também pode interagir conos



Coletamos na mídia as diversas e mais atuais notícias em destaque no dia e disponibilizamos para nossos ouvintes.

Você poderá ouvir, ler, ou, assistir outras matérias nestas páginas:

http://digitalradiotv.blogspot.com.br/p/as-noticias.html
http://digitalradiotv.blogspot.com.br/p/historiasde-hoje.html
http://digitalradiotv.blogspot.com.br/p/as-musicas.html

***Digital Radio & Tv

Nenhum comentário:

Postar um comentário