Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

EAD gratuito: Meio Ambiente lança oito cursos sobre cidadania e sustentabilidade



Nota: Veja abaixo a lista dos cursos e programe-se - inscrições a partir de julho
Cursos sobre cidadania e sustentabilidade socioambiental serão realizados pela plataforma Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)
http://ava.mma.gov.br/


Meio Ambiente, Clima e Vulnerabilidade

Meio Ambiente lança oito cursos sobre cidadania e sustentabilidade

13 de junho de 2014

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) vai promover, neste ano, oito cursos a distância sobre cidadania e sustentabilidade socioambiental. A previsão é formar 10 mil pessoas até dezembro deste ano. Os cursos serão realizados por meio da plataforma Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). O objetivo é ampliar o acesso de diversos públicos interessados nos processos de formação e capacitação desenvolvidos pelo MMA.

Em julho, serão realizados dois cursos. O primeiro, ‘Criança e Consumo Sustentável” tem como público-alvo as mães e os pais. A ideia é qualificar e reduzir o consumo infantil. Serão 20 horas de curso para duas mil vagas. Já o curso ‘Estilo de Vida Sustentável’ irá trabalhar uma nova perspectiva de qualidade de vida com base em padrões sustentáveis. São duas mil vagas para qualquer pessoa interessada no tema. O curso tem carga de 20 horas.

O diretor de Educação Ambiental, Nilo Diniz, explica que o MMA e suas entidades vinculadas procuram, na atualidade, articular e potencializar a capacidade institucional de formação e capacitação, ampliando a base social da política ambiental no País.

“Este é o propósito desses cursos, que, por meio de uma nova plataforma virtual e de metodologias específicas, se somam a outras formações presenciais em andamento, bem como a processos participativos, como os conselhos e as conferências nacionais de meio ambiente, tanto a versão adulto, quanto a versão infantojuvenil”, afirma Diniz.

Temas prioritários - De agosto a dezembro, será realizado o curso ‘Formação de agentes populares de educação ambiental na agricultura familiar’, com duas mil vagas. O objetivo é colaborar com a formação de lideranças do campo e técnicos de instituições que atuam com educação ambiental e agricultura familiar. O curso visa auxiliar no desenvolvimento de processos formativos e de mobilização nos territórios em favor da regularização ambiental, da adoção de práticas agroecológicas e sustentáveis e do enfrentamento de questões e conflitos socioambientais.

A iniciativa é destinada aos agentes de assistência técnica e extensão rural (Ater), lideranças de movimentos, sindicatos, associações, técnicos de organizações não governamentais (ONG), pastorais, prefeituras, órgãos públicos, empresas, professores, jovens, ambientalistas, animadores culturais. O curso compreende 120 horas de aula.

A quarta capacitação, intitulada ‘Apoio à implantação do Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar (Peaaf) nos Territórios’,  busca refletir sobre questões relacionadas à temática socioambiental no campo. Podem participar gestores públicos estaduais e municipais e representantes de instituições que atuam com educação ambiental e agricultura familiar. Será ministrado de setembro a novembro, com 60 horas de duração e 300 vagas disponíveis.

Ampliação do conhecimento - O curso que aborda as estratégias de implantação do programa Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), destinado aos gestores de órgãos governamentais, acontecerá de agosto a setembro. Serão disponibilizadas duas mil vagas e o curso durará 20 horas.

‘Igualdade de Gênero e Sustentabilidade’ é o tema da sexta capacitação, aberta a todos os interessados. Ocorrerá de setembro a outubro, com mil vagas e 20 horas de duração.

Também será realizado um curso de formação de conteúdistas em educação a distância. A proposta é realizar a formação técnica sobre estratégias e metodologias de desenvolvimento de conteúdos na linguagem à distância. O curso é destinado aos servidores do MMA e das unidades vinculadas, além de representantes de instituições que atuam com ensino a distância. Será ministrado de outubro a novembro, com 20 horas de duração e 500 vagas disponíveis.

O último curso tem o intuito de apresentar as etapas necessárias para elaboração dos Planos Municipais de Resíduos Sólidos para os gestores públicos municipais. Será realizado em novembro, com 200 vagas e 20 horas de duração.

Confira a lista dos cursos até dezembro:

1. Criança e Consumo Sustentável: julho, 20 horas, 2 mil vagas.

2. Estilo de Vida Sustentáveis: julho, 20 horas, 2 mil vagas.

3. Formação de agentes populares de educação ambiental na agricultura familiar: agosto a dezembro, 120 horas, 2 mil vagas.

4. Apoio à implantação do Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar nos Territórios: setembro a novembro, 60 horas, 300 vagas.

5. Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P): agosto a setembro, 20 horas, 2 mil vagas.

6. Igualdade de Gênero e Sustentabilidade: setembro a outubro, 20 horas, mil vagas.

7. Formação de conteudistas em EaD: outubro a novembro, 20 horas, 500 vagas.

8. Planos Municipais de Resíduos Sólidos: novembro, 20 horas, 200 vagas.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Autor:

http://www.mobilizadores.org.br/noticias/meio-ambiente-lanca-oito-cursos-sobre-cidadania-e-sustentabilidade/?eixo=

Cursos disponíveis

  • Objetivo: Trabalhar o conhecimento dos pais e educadores para que contruam valores mais sustentáveis com as suas crianças, desestimulando o consumir por consumir e incentivando a prática de brincadeiras, hábitos e atitudes muito mais saudáveis e sustentáveis.

    Público-alvo: Pais, mães e educadores de crianças.

    Carga horária: 16 horas sem tutoria e de 22 horas com tutoria.

    Período de Inscrição: 01 de julho a 01 Agosto.

    Período de Realização: 04 a 30 de Agosto.

    Autoinscrição
  • Objetivo: Incentivar a reflexão, discussão e ação interativas com informações e conceitos sobre mudança em favor de estilos de vida sustentáveis.

    Público-alvo: Cidadãos-consumidores.

    Carga horária: 30 horas sem tutoria.

    Período de Inscrição: 01 de julho a 01 Agosto.

    Período de Realização: 04 a 30 de Agosto.

    Autoinscrição
  • Objetivo: Formar agentes populares para identificar e refletir de forma crítica as questões socioambientais em seu território, de forma a promover a sensibilização e mobilização social que resultem em ações que propiciem condições de vida digna no meio rural, conservação ambiental e sustentabilidade dos agroecossistemas.

    Público-alvo: Agentes de ATER, lideranças de movimentos, sindicatos, associações, técnicos de ONGs, pastorais, prefeituras, órgãos públicos, empresas, professores, jovens, ambientalistas, animadores culturais.

    Carga horária: 120 horas (semipresencial com tutoria).

    Período de Inscrição: 01 de julho a 01 Agosto.

    Período de Realização: Agosto a Dezembro.

    Autoinscrição
  • Objetivo: Capacitar agentes públicos e representantes de organizações da sociedade civil para o desenvolvimento de políticas públicas, programas e projetos de EA no contexto da Agricultura Familiar.

    Público-alvo: Gestores e servidores públicos, Profissionais de ensino, representantes de organizações da sociedade civil, lideranças de movimentos de campo. 

    Carga horária: 60 horas com tutoria.

    Período de Inscrição: 04 a 29 de Agosto.

    Período de Realização: Setembro a Novembro.

    Autoinscrição
  • Objetivo: Oferecer subsídios e apoio técnico para a implementação da Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P nos órgãos e entidades da administração pública de todas as esferas e poderes.

    Público-alvo: Servidores públicos que desejam implementar a A3P nos órgãos e entidades da administração pública de todas as esferas e poderes.

    Carga horária: 12 horas (sem tutoria).

    Período de Inscrição:  1ª turma (04 a 29 de Agosto) / 2ª turma (01 a 30 de Setembro) .

    Período de Realização1ª turma (Setembro) / 2ª turma (Outubro) .

    Autoinscrição
  • Objetivo: Sensibilizar e capacitar os gestores públicos de todas as áreas sobre a problemática da desigualdade de gênero e a importância da transversalização dos temas “gênero” e “desenvolvimento sustentável”.

    Público-alvo: Gestores públicos de todas as áreas, federais, estaduais e/ou municipais.

    Carga horária: 20 horas (sem tutoria).

    Período de Inscrição: 04 a 29 de Agosto.

    Período de Realização:Setembro e Outubro.

    Autoinscrição
  • Objetivo: Desenvolver conhecimento, habilidades e atitudes que possibilitem aos profissionais por ele formados, utilizarem de maneira teórica e prática um guia para a produção de conteúdos para a Educação a Distância (EAD), contribuindo para o fomento da educação ambiental e a difusão de políticas públicas de meio ambiente.

    Público-alvo: Todo profissional que deseja aprender ou aprimorar técnicas de produção de conteúdos para a Educação à Distância (EAD).

    Carga horária: 20 horas (sem tutoria).

    Período de Inscrição: 1ª turma (1 a 30 de Setembro)/ 2ª turma (1 a 31 de Outubro).

    Período de Realização: 1ª turma (Outubro)/ 2ª turma (Novembro).

    Autoinscrição
  • Objetivo: Capacitar técnicos municipais para elaboração de Plano Simplificado de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos para municípios com população abaixo de 20 mil habitantes. Contempla sugestões metodológicas com o objetivo de permitir que os técnicos de uma prefeitura possam desenvolver a maior parte ou a totalidade do plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos.

    Público-alvo: Técnicos das prefeituras de municípios de pequeno porte (com menos de 20.000 habitantes).

    Carga horária: 20 horas (com tutoria).

    Período de Inscrição: 01 a 31 de Outubro.

    Período de Realização: Novembro.

    O material do curso pode ser acessado nos seguintes links: 

    1. Caderno do curso

    1.1 Planilha de Cálculo para Estimativa Populacional

    1.2 Planilha de Cálculo para Taxa de Resíduos Sólidos

http://ava.mma.gov.br/

--
Flavia Loureiro - Núcleo dos Amigos do Brooklin
"INFORMAÇÃO" Direito e Dever de tod@s Art.5ºXIV,CRFB/Cap.40 Agenda 21


"Informação causa mudanças" Flavia Loureiro
Preza__

  DIVULGAÇÃO    http://digitalradiotv.blogspot.com