Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

IMPORTANTE - Movimento pela Universidade Federal da Zona Leste

 
 IMPORTANTE - Movimento pela Universidade Federal da Zona Leste 

ATO DE POSSE DO TERRENO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA ZONA LESTE

Dia 26 de outubro, sábado às 9hs
Local: Antigo Terreno da Gazarra
Av Jacu-Pêssego 2630 Itaquera

Um grande PICNIC no terreno para mostrar que a luta apenas começou.

É bom saber: A compra do terreno pelo Prefeito Haddad para a implantação da Universidade Federal DA zona leste é uma conquista do MOVIMENTO PRÓ UNIVERSIDADE FEDERAL que há seis anos articula junto com o povo da região, lideranças, outros movimentos e diversos parlamentares esta luta. A compra do terreno parecia uma sinalização de que nosso objetivo logo seria alcançado. O terreno é para a IMPLANTAÇÃO DE UMA UNIVERSIDADE FEDERAL NA ZONA LESTE, FOI CONQUISTA DA LUTA DE UM MOVIMENTO ORGANIZADO EM PROL DA ZONA LESTE. NÃO É PARA SATISFAZER JOGOS DE INTERESSES DE QUALQUER GRUPO QUE SE ACHE ACIMA DO POVO DA ZONA LESTE.
Entendemos que a nova reitoria da UNIFESP retrocedeu nos avanços, dificultando o diálogo, desrespeitando lideranças, articulando agendas como reação aos questionamentos, PIOR, sem divulgação para que de fato não houvesse a participação do MOVIMENTO. Tem três discursos: um frente ao Movimento e lideranças, outro frente as autoridades interessadas e mais um frente ao Consu da UNIFESP.
AGORA É A HORA,
TODOS JUNTOS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA ZONA LESTE



OBJETIVOS

1. CURSOS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA ZONA LESTE

QUEREMOS O CURSO DE DIREITO JÁ, na zona leste.
O MOVIMENTO apresentou uma proposta à UNIFESP de cursos que a região pleiteia, elaborada a partir de uma pesquisa com estudantes e população da região.
2. NÃO ÀS CHANTAGENS
A Zona Leste não é objeto de barganha. Queremos respeito com a zona leste, com o Movimento pela Universidade Federal DA zona leste. Utilizar a possível instalação do campus leste como barganha para receber outros recursos é uma afronta ao povo da zona leste. Agora a Reitora diz que vai criar uma comissão onde quem vai indicar os nomes da sociedade civil é o CONSELHO DA UNIVERSIDADE, o que só mostra o pensamento descompromissado com a zona leste. Se ocorrer a formalização desta comissão, o MOVIMENTO PRO UNIVERSIDADE FEDERAL DA ZONA LESTE é quem, por direito e legitimidade, deve indicar.
3. NÃO ACEITAÇÃO DOS PROJETOS AUTORITÁRIOS
O Sr. Pedro Arantes está encaminhando PROJETOS DA UNIFESP DA ZONA LESTE de modo autoritário e com grupos fechados, em nenhum momento se propõe a debater o projeto com o MOVIMENTO. BASTA. Não vamos admitir esta prática autoritária.
4. TERRENO DA UFZL
Qual é a contaminação? A Universidade existe para solucionar problemas. Porque a direção da Unifesp que quer receber tudo certinho, pronto e acabado? Trata-se de um ato de omissão por parte daqueles que não querem fazer nada. Nenhuma iniciativa no sentido de buscar a CETESB para análise e comprovação desta informação.
5. CAMPUS AUTÔNOMO
Qual o posicionamento da UNIFESP ante os pontos acima? Vamos debater a proposta de criar uma NOVA UNIVERSIDADE FEDERAL, desvinculada da UNIFESP, inclusive ouvindo a própria UNIFESP. O MOVIMENTO em nenhum momento quer encerrar o diálogo e as discussões. Entende, entretanto, que seja respeitado a história da luta, os avanços conquistados, suas lideranças e o povo da zona leste. Entende ainda, que a nova gestão da UNIFESP tem que ter a capacidade de avançar no que já foi conquistado, dar continuidade ao que já foi discutido e elaborado. "NADA DE INVENTAR A RODA DE NOVO". Afinal a zona leste é palco de conquistas, não de barg anhas.
6. O que queremos:
6.1 Cronograma de implantação com o planejamento sendo executado com a participação do MOVIMENTO;
6.2 Transparência nos gastos da implantação, desde o projeto inicial até a efetiva implantação da UNIVERSIDADE. O Movimento vai acompanhar tudo, questionando, fiscalizando, sugerindo.
6.3 Qual a participação dos Governos Municipal e Federal na implantação da UNIVERSIDADE?
6.4 PARTICIPAÇÃO DO MOVIMENTO em todas as fases da implantação, inclusive na discussão do projeto e dos cursos.
6.5 O Movimento indicou o Arquiteto Ruy Ohtake para elaborar o projeto da UNIVERSIDADE FEDERAL DA ZONA LESTE, por ser de diálogo, conhecer a zona leste e aberto às sugestões da comunidade e do próprio Movimento. Como será possível a participação deste arquiteto?

NÃO FALTE! SUA PRESENÇA PODE FAZER A DIFERENÇA.

Convide seus amigos.

A ZONA LESTE SOMOS NÓS

Movimento pela Universidade Federal da ZonaLeste


 
 
 
__,_._,___

Nenhum comentário:

Postar um comentário