Webradio "ao vivo"

Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.



Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).






As notícias deste dia que você não pode deixar de saber

Portaria habilita novos leitos de UTI e mais recursos financeiros para estados e municípios no combate à pandemia

imagem: arquivo / reprodução

Diante da nova curva crescente de casos de Covid-10, o Ministério da Saúde habilitou novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e estabeleceu mais recursos financeiros do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde, a ser disponibilizado a Estados e Municípios.

Segundo a portaria Nº 3.566 os leitos habilitados para atendimento exclusivo dos pacientes com coronavírus serão habilitados pelo período excepcional de 90 dias, podendo ser prorrogados a cada 60 dias, a depender da situação de emergência de saúde pública de importância internacional, decorrente da pandemia.

O montante de R$ 101.664.000,00 será repassado por meio do Fundo Nacional de Saúde, adotará as medidas necessárias para a transferência aos Fundos Estaduais e Municipais de Saúde, em parcela única.


Senado deve votar em fevereiro MP que autoriza País a ingressar em consórcios de vacinas

imagem: arquivo / reprodução

O Senado planeja apreciar em fevereiro a Medida Provisória que autoriza o Brasil a integrar o consórcio Covax Facility. A Câmara dos Deputados aprovou a MP na última sexta-feira (18). Com a adesão, o País terá acesso facilitado a nove vacinas contra a Covid-19 que estão em desenvolvimento, além de outros imunizantes que estão sob análise.

O texto fixa uma série de regras, compromissos e liberações de verba para que o Brasil efetive a sua participação no consórcio. Na Câmara, os parlamentares fizeram alterações que deixaram o texto mais amplo.

Os deputados federais incluíram regras mais flexíveis para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conceda autorização temporária de uso emergencial para importação, distribuição e uso de qualquer vacina contra o coronavírus. Para que não perca a validade, a MP deve ser apreciada no Senado até 3 de março de 2021.


Aumento dos preços pesa do bolso dos brasileiros

imagem: arquivo / reprodução

Consumidores brasileiros sentem no bolso o aumento dos preços. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) – que é uma prévia da inflação – apresentou alta de 1,06% em dezembro e fechou o ano de 2020 com aumento de 4,23%. Os dados são do IBGE. Esse é o maior acumulado no ano desde 2016, quando ficou em 6,58%.

De todos os setores pesquisados, apenas os produtos de vestuário tiveram queda em dezembro, de -0,44%. Já o maior aumento de preços foi observado no grupo de Alimentação e Bebidas, com variação de 2%, em dezembro, e alta acumulada de 14,36% no ano. O destaque fica com o aumento da batata-inglesa (17,96%), óleo de soja (7%), carnes (5,53%), arroz (4,96%) e frutas (3,62%).

O segundo grupo com maior variação do IPCA de dezembro é o de Habitação, com aumento de 1,5%. Destaque para a alta da energia elétrica, que subiu 4,08%, na média.

Em relação à variação de preços regionais, todas as regiões pesquisadas apresentaram aumento, sendo o maior registrado em Porto Alegre (1,53%) e o menor em Brasília (0,65%).



Pix: FGTS poderá ser recolhido com novo sistema de pagamento instantâneo a partir de janeiro

imagem: arquivo / reprodução

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS, poderá ser recolhido pelo Pix a partir de janeiro do ano que vem. O anúncio foi feito nessa terça-feira (22) pelo Banco Central, que adiantou que a instituição fechou um acordo de cooperação técnica com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho para permitir o recolhimento por meio do novo sistema de pagamentos instantâneo.

A funcionalidade será lançada junto com o FGTS Digital, uma plataforma que deve centralizar a apuração, a cobrança, o recolhimento e o lançamento das contribuições para o Fundo de Garantia.

A Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia estima que o novo sistema reduza custos para as empresas, uma vez que os empregadores deixarão de emitir cerca de 70 milhões de guias de recolhimento por ano e vão poder acompanhar virtualmente o pagamento e a destinação das contribuições.

O Banco Central avisa que não será preciso estabelecer convênios entre empresa e banco para o recolhimento do FGTS.

Fonte: Br 61



Notícia com apoio cultural de    http://qsaudavel.com 


Nenhum comentário:

Postar um comentário