Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Fátima Bernardes está careca! Descubra o motivo


Combate ao Câncer - Informação é melhor remédio para a prevenção


Chamada fátima careca

Em uma campanha da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, atores e esportistas toparam mostrar suas fotos carecas com o objetivo de incentivar a doação de notas fiscais à associação. Fátima e os convidados do Encontro não ficaram de fora dessa corrente do bem e também apresentaram suas fotos. "Tudo que ajuda a diminuir o preconceito é muito bom", disse Fátima, que ficou um charme sem cabelo. José Loreto, Du Moscovis, Mônica Martelli e Lair Rennó também tiveram suas fotos carecas mostradas pela jornalista.

Fátima adere à campanha em prol de                          pacientes com câncer e 'fica' careca (Foto:                          Encontro com Fátima Bernardes/ TV Globo)

Fátima adere à campanha em prol de pacientes com câncer e 'fica' careca (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/ TV Globo)

Quem mudou de visual de verdade foi o cantor Saulo. Ele deixou a cabeleira de lado e decidiu raspar a cabeça para a nova campanha em prol das crianças com câncer do Hospital da Criança Martagão Gesteira. "Quando eu cheguei em casa, meu filho estranhou", contou.

Carecas do Encontro: Fátima, Mônica                          Martelli, Du Moscovis, Zé Loreto (Foto: Encontro                          com Fátima Bernardes/ TV Globo)

Carecas do Encontro: Fátima, Mônica Martelli, Du Moscovis, Zé Loreto (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/ TV Globo)

Combate ao Câncer

Look das Guerreiras – Rosimari Varderrama


20140528-224301-81781873.jpg"Meu nome é Rosimari Norato Varderrama. tenho 43 anos, casada e mãe de um filha com 22 anos. Vou tentar resumir um pouco a minha história.

Em 2009 aos 39 anos de idade em um auto exame em casa percebi uma anormalidade e procurei o médico. Entre tantos exames feitos concluiu-se ser um nodulo benigno com muito liquido. Fiz a retirada do quadrante (150 ml) em abril de 2009. Após 08 meses da cirurgia, percebi em outro auto exame em casa, que no lugar da cicatriz havia um carocinho do tamanho de um grão de feijão, procurei o médico e este disse que não precisava me preocupar que era um queloide. Segui com minha vida normal, mas com o passar dos dias esse carocinho ia crescendo aceleradamente, tentei não me preocupar, mais isso ia e consumindo, demorei muito mais resolvi procurar o Hospital do Câncer de Londrina e fiz nova baterias de exames. Em maio de 2010 fui diagnosticada com câncer na mama direita (carcinoma ductal invasor) em estágio um pouco avançado, o tumor já estava do tamanho de uma laranja baiana, ou seja além de ter uma mama densa com muitas glândulas mamárias eu ainda carregava vamos assim dizer uma terceira mama. Fiz 4 sessões de quimioterapia vermelha para diminuir e tentar salvar a mama, o que não ocorreu pois o tumor não diminuiu, só estacionou durante as quimios.

Por orientação da minha médica, partimos para mastectomia radical, fiz 30 sessões de radioterapia em outubro de 2010, logo após mais 12 sessões de quimioterapia branca e todos os sintomas que este tratamento pode causar, precisei ficar hospitalizada várias vezes, mas nunca me desanimei, nunca deixei a peteca cair, pelo contrario descobri o quanto era forte e com Jesus na condução tudo se tornou mais fácil.

"Pois, quando sou fraco, é que sou forte." (2 Corintios 12:10)

Com as transformações pelas quais o nosso corpo passa, minha família pensava que eu fosse desmoronar, ficar depressiva, mas com a Graça de Jesus Cristo encontrei força e alegria, descobri uma nova mulher.

Finamente em Junho de 2011 terminei todos os tratamentos em relação ao câncer de mama.

Passei por um procedimento cirúrgico preventivo em julho/2011, realizei uma histerectomia para retirada do útero devido ao mioma, com isso retirei os ovários e trompas.

A vida seguiu e tudo já estava voltando ao normal, fazendo os exames de prevenção de 06 em 06 meses, mas para minha surpresa, em um desses exames eu percebi algo errado na mama esquerda, corri para o médico e com a análise dos exames anteriores,  diagnosticou sendo um nódulo muito pequeno, aproximadamente com 3 cm. O médico pediu que fosse realizada uma punção, mas por este ser um nódulo pequeno, o laboratório não o fez, alegando que o tamanho teria de ser acima de 4cm.

Novamente repetindo os exames de ultrassom e mamografia com agulhamento, retirei um pequeno pedaço que estava calcificado. O resultado foi de carcinoma ductal invasor outra vez, e na abertura do gânglio sentinela foram detectadas micro-metástases. Desta vez eu não precisava fazer a mastectomia radical, porém, para que eu me sentisse mais segura, lembrando da história ocorrida em 2009 e sentindo que ela iria se repetir, pedi a médica que retirasse tudo.

Desta vez o tratamento com quimioterapia foi menor, foram apenas 4 sessões, porém os efeito foram pior que o primeiro tratamento: imunidade muito baixa, peguei várias infecções, fiquei vários dias hospitalizada, não conseguia comer e só tomava líquido.

Terminei as quimios em fevereiro/2014, não precisei fazer radioterapia e estou tomando Anastrozol pelos próximos 5 anos. Em tudo isso que passei posso dizer que venci o bom combate e estou viva e muito mais feliz, Jesus permite que passemos por estas lutas para nos fortalecer, para nos fazer melhor.

"Passar por problemas, lutas e dores, faz parte da caminhada, mas é você que decide se vai vencê-los, ou deixar eles vencer você." (Augusto Cury)

Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Rm 8 37-39

Um forte abraço

Rosimari Varderrama

Combate ao Câncer

DIVULGAÇÃO

http://digitalradiotv.blogspot.com.br