Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

SP ExpoLixo 2014: investimento em tratamento de lixo /ExpoSucata, MercoApara, ReciclaPlast, RCD Expo e 1ª MercoHydro



ExpoLixo 2014: investimento em tratamento de lixo 

  • Escrito por  Redação


O Brasil tem escassez de mão de obra qualificada; automatização é a saída para aumentar a produção e a competitividade no setor

 

 

Os mercados de tratamento e reaproveitamento de resíduos sólidos, representados pelas feiras ExpoLixo e ExpoSucata, são importantes atores ambientais e fontes de renda para seus integrantes. Além de alternativa para impulsionar de maneira relevante toda economia nacional.


A ExpoLixo e ExpoSucata acontecem em São Paulo, de 19 a 21 de agosto, junto às feiras MercoApara, ReciclaPlast, RCD Expo e MercoHydro. Os eventos têm alto nível técnico e são ponto de encontro para bons negócios nos setores relacionados, proporcionando inovação e atualização profissional.


Adriano Assi, especialista do setor e diretor das feiras, diz que “a tendência é a mecanização. O Brasil tem escassez de mão de obra e o movimento apontado é a qualificação profissional e o uso de máquinas mais avançadas para executar a limpeza de ruas e bueiros, por exemplo”.


Segundo o estudo, com investimento apropriado os benefícios sociais são estimados entre 2.500 e 4.900 vidas salvas antes de morte prematura por poluição do ar. Esta força de trabalho tem valor estimado entre US$ 5,5 bilhões e US$ 10,6 bilhões.

As plantações salvas com o tratamento correto do lixo poderiam produzir entre 550.000 e 1,1 milhão de toneladas de alimentos, com valores entre US$ 61 milhões e US$ 120 milhões.


Contudo, estima-se que no atual estado do gerenciamento de resíduos sólidos no Brasil, 58% do lixo vai para aterros sanitários, cuja maioria incinera o metano produzido. Mas o restante do lixo é enviado para lixões a céu aberto, que abrem espaço para o perigo do metano sem cuidado algum, que pode levar a explosões.


O lado positivo é que diversos segmentos do setor já têm registrado indicadores positivos ao longo dos últimos anos. A sucata ferrosa tem faturamento crescente desde 2012, e que gera receita bruta de R$ 1,34 bilhão/ano no Brasil.


A movimentação de material nesse segmento é de aproximadamente 300 mil toneladas/mês, e emprega 1,5 milhão de pessoas, de acordo com pesquisa da FGV. Em um universo de 48 empresas, 72% afirmam que houve expansão de rendimentos nos últimos dois anos.


Juntas, as seis feiras promovidas e organizadas pela EcoBrasil, somarão 40 mil m², além de reunir 180 expositores e 4.500 visitantes qualificados.


As feiras ExpoSucata, ExpoLixo, MercoApara, ReciclaPlast, RCD Expo e 1ª MercoHydro acontecem entre os dias 19 e 21 de agosto de 2014, das 13h às 20h, no Centro de Exposições Imigrantes, Rodovia Dos Imigrantes, Km 1,5 – Jabaquara/SP.

Fonte: Assessoria de Imprensa.


http://consumidorconsciente.eco.br/index.php/component/k2/item/1372-expolixo-2014-investimento-em-tratamento-de-lixo.html


Atenção:

CREDENCIAMENTO

 A EXPOLIXO destina-se EXCLUSIVAMENTE aos profissionais diretamente ligados ao lado COMERCIAL e INDUSTRIAL do mercado de limpeza pública, resíduos urbanos e industriais em escala industrial.

São eles:

• Iniciativa Privada: Profissionais executivos da iniciativa privada que buscam lucro no mercado de resíduos sólidos em grande escala; e
• Poder Público: Profissionais do médio e alto escalão do poder público que atuam em órgãos diretamente ligados à gestão dos resíduos.

Como, por exemplo:
• Empresas e municípios geradores de grandes volumes de resíduos das mais diferentes classes, recicláveis ou não;
• Membros dos Governos Federal, Estaduais e Municipais do poder legislativo ligados aos temas em exposição;
• Pessoas Jurídicas privadas ou públicas que atuam nos serviços de coleta/ varrição/ manutenção de logradouros e afins;
• Proprietários/Operadores de Aterros e/ou incineradores;
• Empresas de comércio, preparação e/ou consumidora de materiais recicláveis/reciclados;
• Empresas de consultoria e engenharia ambiental;
• Operadores logísticos;
entre outros.

 IMPORTANTE

Limpeza Pública, Resíduos Urbanos e Industriais e Política Nacional de Resíduos Sólidos são temas que têm atraído a atenção da grande mídia e, direta ou indiretamente, toda a população está ligada ao assunto. Entretanto, ESTE NÃO É UM EVENTO ABERTO. Este é um evento de NEGÓCIOS, fechado, dirigido aos profissionais que têm nos resíduos em escala industrial uma atividade EMPRESARIAL e com FINS LUCRATIVOS. Com o intuito de fomentar a geração de negócios dos profissionais participantes do evento, assim como dos expositores, não terão acesso ao evento representantes de instituições exclusivamente ambientais e/ou sociais, inclusive aquelas sem fins lucrativos, e todo e qualquer pessoa que não comprovar vínculo profissional direto com o lado COMERCIAL dos setores em exposição.
[...]


http://www.expolixo.com.br/visite-solicitar-credencial.php
--
Flavia Loureiro - Núcleo dos Amigos do Brooklin
"INFORMAÇÃO" Direito e Dever de tod@s Art.5ºXIV,CRFB/Cap.40 Agenda 21


"Informação causa mudanças" Flavia Loureiro

__,_._,___

  DIVULGAÇÃO    http;//digitalradiotv.blogspot.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário