Informamos a todos, que as postagens inseridas neste blog, são de autoria de seus respectivos produtores, e,
cabe a cada um deles a responsabilidade pela autoria dos itens, bem como o teor de seu conteúdo.

Como veículo de divulgação de informação, temos a responsabilidade de divulgar os itens,
tal qual o que é remetido à nossa assessoria de imprensa.


WhatsApp 11 972914716

Qualquer contato conosco deverá ser efetuado através do "Formulário de Contato", disponível no final desta página (rodapé).

Próxima e última reunião antes do Seminário 23 de agosto de 2013, sexta-feira, 14h às 16h30, CDC-Clube da Cidade Tide Setúbal, rua Mario Dallari 170, esquina com a rua José Ferreira Crespo (travessa da Marechal Tito, na altura da padaria Sandra).

2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local

reunião de 9 de agosto de 2013 – CDC-Clube da Cidade Tide Setúbal*

 

Um grupo de órgãos públicos estaduais e municipais e de organizações da sociedade civil (ver Anexo 3) se uniu pelo desenvolvimento local de vários distritos da Zona Leste do município de São Paulo. Com este intuito, vêm se reunindo para conceber e realizar o 2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local. A cada reunião, são levantadas ideias e tomadas decisões. Este é em si mesmo um processo de aprendizagem e está aberto à participação de outros órgãos públicos e organizações privadas. Mesmo quem não pode comparecer pode opinar escrevendo para o e-mail elie@usp.br.

 

Presentes Andréia Pereira Quiquinato (Emef Dr. José Pedro Leite Cordeiro, diretora), Andrelissa Ruiz (Fundação Tide Setúbal, comunicadora), Carlos A. Martins (DRE Penha, técnico), Carlos Alberto Xavier da Silva (Conselho Gestor UBS Vila Jacuí, conselheiro), Carlos H. Santos (Associação Beneficente aos Carentes Criativa), Carolina Nascimento (Instituto Paulo Montenegro, jornalista), Clarice Aparecida Martinez (Emef Comendador Vicente Amato Sobrinho, coordenadora pedagógica), Cristiane da Silva Braga (Emef CEU Três Pontes, professora), Elie Ghanem (Faculdade de Educação da USP, professor), Geramildo Nicolau da Silva (Associação de Moradores Jardim São Vicente, presidente), Hamilton Harley de Carvalho Silva (Cenpec, pesquisador), Irineu Morelo Junior (EE Amadeu Amaral), José Luiz Adeve (Fundação Tide Setúbal, comunicador), Juliane Cintra de Oliveira (Ação Educativa, jornalista), Márcia Duarte Costa (Instituto Alana, comunicadora), Maria de Lourdes Nascimento (ativista), Maria Rosangela Santos Queiroz Tavares (Conselho Gestor UBS Vila Progresso, conselheira), Mirtes Moreira Silva (DRE Penha, técnica), Ocimar Leme (Emef Dr. José Pedro Leite Cordeiro, professor), Osvaldo Silva Pereira (Conselho Gestor UBS Jardim Maia, conselheiro), Paulo Ferreira Silva (DE Leste 2, executivo público), Paulo Martins Moreira (Conselho Gestor Hospital Tide Setúbal, conselheiro), Pedro Cerri Filho (Conseg Jardim Helena, presidente), Renato Márcio do Nascimento (Ação Educativa, assessor), Rodrigo Souza (Fundação Tide Setúbal, comunicador), Selma Costa Ferreira (DRE São Miguel, técnica), Vanessa Santos (Associação Beneficente aos Carentes Criativa), Viviane Hercowitz (Fundação Tide Setúbal, psicóloga), Zilda Borges da Silva (DRE Itaquera, coordenadora).

 

Pauta Composição e andamento das atividades dos GTs.

Decisões

1.       GT-Comunicação – Utilizará e incentiva que coloquem informações no Fecebook, Comunidade Educadora. Produzirá cartazes e folhetos impressos para distribuição com apoio do Instituto Alana. Publicará número do jornal Voz do Lapena e do Jornal do Alana dedicados aos temas do Seminário; fará oficina de rádio comalunos(as) da Emef Dr. José Pedro Leite Cordeiro para fazerem apresentações de rádio de rua divulgando o Seminário.

2.       GT-Saúde – Divulgará o Seminário em conferência regional preparatória da Conferência Estadual de Saúde.

3.       GT-Pesquisa sobre realidade local – Tem realizado e seguirá realizando debates promovidos pela Diretoria de Educação de Itaquera (municipal).

4.       GT-Pessoas com deficiência – Realizará reunião na Emef Comendador Vicente Amato Sobrinho (rua Valdomiro Gonzaga Silva 1161 Itaim Paulista 2963-3686), 13/8/13, 14h, sobre: i) práticas de sala de aula com alunos portadores de deficiência; ii) mercado de trabalho na região para pessoas portadoras de deficiência; iii) rede apoio com equipe multidisciplinar. Deverá considerar convite ao Ministério Público.

5.       GT-Gestão escolar – Fará primeira reunião com diretores(as) de escolas na Diretoria Regional de Educação São Miguel (municipal) em 16/8/13, às 9h.

6.       GT-Convivência escolar – Continuará experimentando práticas de recreio dirigido (com atividades programadas) na Emef Dr. José Pedro Leite Cordeiro e proporá formação dos 97 Poie (Professor Orientador de Informática Educacional) da DRE São Miguel para realizarem atividades sobre o tema do GT.

7.       GT-Economia local – Realizará reunião no Espaço Alana (rua Erva do Sereno 608 Jardim Helena) com integrantes da comunidade para divulgar os 12 GTs e incentivar inscrições no Seminário.

8.       GT-Equilíbrio ambiental – Fará primeira reunião com professores(as) que coordenam projetos de educação ambiental em escolas estaduais da Diretoria de Ensino Leste 2 e estudantes delegados(as) à Conferência Estadual do Meio Ambiente, no Museu do Rio Tietê do Parque Ecológico do Tietê.

9.       Itensificar a divulgação do site do Fórum para o Desenvolvimento da Zona Leste zonalesteestudosecidadania.com.br/index.php para ampliar o número de incrições. Foram 184 inscrições até 9/8/13: GT-Transporte 3; GT-Escolaridade 21; GT-Comunicação 7; GT-Elaboração de políticas 13; GT-Economia local 2; GT-Segurança pública 3; GT-Saúde 12; GT-Pesquisa sobre realidade local 20; GT-Pessoas com deficiência 22; GT-Gestão escolar 17; GT-Equilíbrio ambiental 6; GT-Convivência escolar 26; sem indicação de GT 32.

 

Próxima e última reunião antes do Seminário 23 de agosto de 2013, sexta-feira, 14h às 16h30, CDC-Clube da Cidade Tide Setúbal, rua Mario Dallari 170, esquina com a rua José Ferreira Crespo (travessa da Marechal Tito, na altura da padaria Sandra). Fica ao lado da Emef Pedro de Frontin. Qualquer dúvida, ligar 996889424. Principais pontos de pauta: composição e andamento das atividades dos GTs; procedimentos no dia do Seminário.

Decisões anteriores

1.       Data e duração – Definiu-se que o Seminário será em 30 de agosto de 2013, sexta-feira, das 13h às 18h.

2.       Pessoas responsáveis pelos GTs-Grupos de Trabalho conceberão o funcionamento destes e terão duas tarefas prioritárias: i) buscar especialistas para colaborar com comentários às propostas de ação que serão elaboradas pelos GTs; ii) mobilizar participantes para os GTs.

3.       O 2º Seminário será um momento de um processo, que incluirá debates prévios em junho, em diferentes lugares, especialmente nas escolas, mantendo comunicação entre as pessoas envolvidas antes do Seminário e após, no trabalho dos GTs. Serão feitas alianças desde o início, na perspectiva de que se multipliquem como parte do trabalho dos GTs.

4.       Propor para as DREs e DE a divulgação do seminário em: i) debates sobre convivência escolar e sobre inclusão nas jornadas pedagógicas de junho e agosto das escolas municipais; ii) reuniões com diretores(as) e coordenadores(as) pedagógicos(as).

5.       Foram definidas pessoas responsáveis e integrantes dos GTs (Grupos de Trabalho) correspondentes aos temas do Seminário e feitas indicações de outras possíveis responsáveis e integrantes (Anexo 1).

6.       Foi aprovado texto de carta e mensagem para diretores(as) de escolas públicas de educação básica propondo que realizem debates prévios sobre os temas do 2º Seminário para elaboração de propostas de ação.

7.       Propor reunião com diretores(as) e a participação nas "paradas pedagógicas" das escolas municipais para divulgar o 2º Seminário.

8.       Definir um nome para a coalizão responsável pela iniciativa do 2º Seminário.

9.       O GT-Comunicação fará uma proposta de plano de mobilização incluindo materiais de organizações que os produzem com adolescentes, bem como intervenções de coletivos culturais em espaços públicos.

10.    Foi aprovada proposta de plano de mobilização e comunicação apresentada por José Luiz Cometa Adeve (Fundação Tide Setúbal), do GT-Comunicação. Foi sugerido fazer um vídeo sobre os 12 temas do 2º Seminário e um mapeamento de escolas que têm projetos de comunicação para divulgar informação sobre o processo. João Celestino da Silva propôs contato com Toninho do Mercado, do Jornal de São Miguel. Ivanildo Lima informou que haverá Encontro Arte e Cultura na Quebrada em 25 de agosto de 2013, com 300 grafiteiros, no qual propôs divulgar o 2º Seminário. Elie Ghanem propôs que o GT-Comunicação dividisse tarefas de divulgação entre as pessoas e organizações que vêm participando da preparação do seminário. Nelson de Almeida se dispôs divulgar na rádio Integração e pediu um texto. Clarice Martinez propôs criar um grupo no Facebook.

11.    Sobre o trabalho dos GTs, enfatizaram-se as tarefas das pessoas responsáveis: i) mobilizar outras pessoas para integrar o GT; ii) obter apoio especializado, tanto com estudiosos e profissionais quanto em publicações com informação sobre o tema do GT para compartilhar com as pessoas integrantes do GT.

12.    Local - Será a USP Leste (Each-Escola de Artes, Ciências e Humanidades): avenida Arlindo Béttio 1000 Ermelino Matarazzo each.uspnet.usp.br

13.    Serão feitas pré-inscrições, vinculadas a GTs temáticos, a serem confirmadas em agosto de 2013. Encaminhar as inscrições ao site do Fórum para o Desenvolvimento da Zona Leste zonalesteestudosecidadania.com.br/index.php. Os GTs devem incentivar incrições de pessoas que os integram.

14.    Programa do 2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local

12h30-13h20

Recepção

13h20-13h30

Abertura

13h30-14h30

Grupos de Trabalho: elaborar propostas de ação

14h30-15h

Grupos de Trabalho: comentários de especialistas às propostas de ação

15h-15h30

Grupos de Trabalho: escolha de 3 ações prioritárias

15h30-15h50

Intervalo

15h50-16h40

Plenária: painel de ações prioritárias dos GTs

16h40-17h10

Plenária: palavra aberta: recomendações às ações prioritárias dos GTs

17h10-17h40

Plenária: palavra do poder público

17h40-18h

Plenária: palavra aberta: recomendações ao processo de educação como desenvolvimento local

 

15.     Os GTs devem definir uma pessoa para coordenar suas atividades durante o Seminário e uma para ser relatora.

16.     Para a manifestação do poder público durante o Seminário, será feito convite para o gabinete do prefeito, o gabinete do governo do estado e o gabinete da Casa Civil da Presidência da República. Para a ocasião, será convidada também uma pessoa de organismo internacional.

17.     Serão oferecidos certificados às pessoas participantes do Seminário a título de registro histórico.

18.     Os GTs deverão buscar realizar as seguintes atividades antes do Seminário:

1 Reunir-se em junho, julho e agosto de 2013.

2 Convidar muitas pessoas para serem integrantes.

3 Esboçar propostas de ação para tratar durante o Seminário.

4 Obter e compartilhar informação sobre os temas dos GTs.

5 Fazer pré-inscrições no Seminário pelo site zonalesteestudosecidadania.com.br/index.php.

6 Divulgar o Seminário e incentivar pré-inscrições.

19.     Preparar o seu funcionamento durante o Seminário.

20.     Aprovadas propostas detalhadas de atividades de mobilização elaboradas pelo GT-Comunicação.

21.    GT-Transporte – Fazer contato com o Fórum de Transporte da Zona Leste, que se reúne mensalmente.

22.    GT-Escolaridade – Obter informação com Viviane D'Almeida sobre grupos que demandam educação infantil, além de fazer contato com conselhos tutelares e apurar informação com Secretaria Municipal e Secretaria Estadual de Educação.

23.    GT-Economia local – Considerar discussão de proposta de Renda Básica e Cidadania, do senador Eduardo Suplicy.

24.    GT-Segurança pública – Fazer contato com projeto da DRE São Miguel envolvendo a Guarda Civil Metropolitana.

25.    GT-Pesquisa sobre realidade local – DRE Itaquera realizará curso sobre realidade local com docentes das escolas de sua jurisdição, convidando estudantes, pais e funcionários não-docentes. Contará com o Instituto Lidas, que usa dados de georeferenciamento por setor censitário. DRE Itaquera também enviou circular às escolas (formato usado por DRE São Miguel) incentivando debate sobre os temas do seminário entre estudantes. A Unicastelo realizará simpósio sobre currículo e território, em outubro de 2013, com apresentação de textos, sons e imagens sobre realidade local.

26.    GT-Gestão escolar – Apresentará proposta do Seminário em reunião de diretores(as) de escolas da DRE São Miguel, em 27 de junho de 2013. Fará contato com professora responsável por estágios de pedagogia na Unicsul.

27.    GT-Equilíbrio ambiental – Professores(as) mediadores(as) de escolas da DE Leste 2 terão orientação para escolher e participar de GTs de sua preferência. Dois agentes da Sabesp vão participar de reuniões de organização do Seminário. O GT visitará a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, além do Parque Santa Amélia. Responsáveis do GT participarão, em 27 de junho de 2013, de reunião do Conselho Gestor da APA (Área de Proteção Ambiental) da Fazenda do Carmo, sobre a operação Rio Verde-Jacú, que abrange os distritos São Mateus, Itaquera e São Miguel.

28.    GT-Convivência escolar – Utilizará informações obtidas em visita à Emef Vicente Amato, que experimenta fazer assembleias de estudantes, professores(as) e famílias, bem como com estudo de materiais, de experiências na Emef Dr. José Pedro Leite Cordeiro e da Fundação Tide Setúbal com a Emef Armando Cridey Righetti, a Emef Caucásica e a Emef do CEU Três Pontes.

29.    Ressaltou-se que as pessoas responsáveis por GTs têm um duplo desafio: i) mobilizar pessoas para integrar o GT; ii) obter informação sobre seu tema, útil para a elaboração de propostas de ação sobre a realidade local.

30.    GT-Transporte – Tratar o tema de forma ampla (predestres, ciclovias, modais). Preparar atividade na Subprefeitura de Itaim Paulista (data a definir). Comunicar-se mais. Fazer contato com o projeto Kombike coletivocru.wix.com/kombike, que presta informação e pequenos consertos.

31.    GT-Economia local – Organizar ações para trazer pessoas para os GTs: programa de rádio com pessoal da Fundação Tide Setúbal, do Instituto Alana e da Emef Dr. José Pedro Leite Cordeiro; comibnado com grupo de teatro Pombas Urbanas e com sarau "O que dizem os umbigos".

32.    GT-Segurança pública – Convidar o comando da Política Militar da Zona Leste. Buscar informação sobre aspectos sanitários da vida de adolescentes, serviços médicos específicos para jovens e segurança alimentar.

33.    GT-Equilíbrio ambiental – Processará informação obtida em reunião com Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e com o diretor de parques da região do Itaim Paulista. Convidar 70 professores mediadores de escolas estaduais da Dieretoria de Ensino Leste 2 para reuniões de organização do Seminário a partir de agosto.

34.    GT-Escolaridade – Utilizar o cadastro de mães que procuram creche para convidá-las a participar do GT.

35.    GT-Comunicação – Convidar responsável por comunicação do Cenpec como especialista para o GT. Fazer release para imprensa (Márcia Duarte redigirá). Finalizar grupo no Facebook facebook.com/ComunidadeEducadora?fref=ts. Convidar responsáveis pelos GTs a contribuir com a próxima edição do jornal Voz do Lapena. Orientar professores das escolas com as quais o núcleo de comunicação da Fundação Tide Setúbal trabalha para que abordem os temas do 2º Seminário com suas turmas.

36.    GT-Transporte – Convidará pessoas de associações locais para participarem.

37.    GT-Escolaridade – Deverá considerar a luta pela implantação da Unifesp na Zona Leste. Contará com apoio da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (defensor Bruno Napolitano) para abordar direito a creche e com grupo do Ministério Público (João Paulo). Procurará pessoas jovens e adultas que cursam programa Mova e Educar para Mudar (Osmarina). Mobilizará pais e mães de crianças mais novas das comunidades Itajuíbe, Vila Aimoré e da creche do Espaço Alana. Procurará conselheiros(as) tutelares, para quem são dirigidas demandas por vagas. Para o direito à educação superior, procurará estudantes de cursinhos comunitários (Vagner Moura, cursinho no Alana).

38.    GT-Comunicação - Deverá considerar fazer um levantamento de jornais impressos, rádios e sites que abrangem a Zona Leste, bem como as assessorias de comunicação das Subprefeituras de São Miguel, Itaim Paulista e Itaquera para comporem o GT. Também cursos superiores de comunicação, igrejas, professoras de ensino fundamental 1 e de português. Distribuirá comunicado à imprensa (Anexo 2), concluirá edição do jornal Voz do Lapena até 15/8/13 com textos sobre o Seminário e produzirá folheto (folder) e cartaz com apoio do Instituto Alana. Realizará também oficinas de rádio com jovens para apresentações nas feiras livres locais.

39.    GT-Economia local - Deverá considerar empreendimentos de cadeias produtivas incentivados pelas Subprefeituras de Itaim Paulista e de São Miguel, assim como as centrais sindicais, pessoas que procuram emprego nos postos do Sine (Sistema Nacional de Emprego, do Ministério do Trabalho e Emprego) empresários locais e a proposta de Arco do Futuro do governo municipal. Fará roda de conversa com moradores no Espaço Alana, divulgará os GTs e incentivará inscrições no Seminário.

40.    GT-Segurança pública – Deverá colaborar e interagir com a Caminhada Ecumênica pela Paz de 10 de agosto de 2013, cuja concentração será na UBS Jardim Romano, 14h. Procurar professores(as) e funcionários(as) não-docentes principalmente das escolas que estão diretamente envolvidas na organização do Seminário, bem como professores(s) mediadores(as) das escolas estaduais da DE Leste 2, associações de moradores, igrejas, empresários (Junta Comercial), jovens dos saraus e grupo da Fundação Casa indicado pela profa. Célia Araújo de Carvalho.

41.    GT-Saúde – Deverá fazer coincidir uma reunião do GT com reunião já agendada de conselhos de UBS pertencentes à Superintendência de Saúde de São Miguel. Deverá convidar também profissionais da UBS de São Miguel, Itaim Paulista, Jardim Helena, Vila Curuçá e Itaquera, profissionais dos CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) e igrejas (inclusive Pastoral da Saúde católica). Aproveitará também propostas em documento que será aprovado em seminário da UMPS (União de Movimentos Populares de Saúde do Estado de São Paulo), em Jarinu, em agosto.

42.    GT-Pesquisa sobre realidade local – Promoverá a palestra História da Zonas Leste, com o historiador Paulo Fontes, em 2 de agosto de 2013, 9h às 13h, no CEU Aricanduva (rua Olga Fadel Abarca s/n. Jd. Santa Terezinha. Deverá também manter entendimentos com paróquias, com as Diretorias Regionais de Educação (municipais), com as Diretorias de Ensino Leste 2 e Leste 3 (estaduais), com a Apeoesp, o Simpeem e com o Movimento Nossa Itaquera.

43.    GT-Pessoas com deficiência – Focalizará três eixos: i) sala de aula e prática do profdessor com alunos portadores de deficiência; ii) mercado de trabalho na região para pessoas portadoras de deficiência; iii) rede apoio com equipe multidisciplinar. Fará reunião do GT em 13 de agosto de 2013 na Emef Comendador Vicente Amato Sobrinho (rua Valdomiro Gonzaga da Silva 1233 Jardim das Oliveiras 2963-8611). Deverá convidar as 24 professoras de Saai (Sala de Apoio à Inclusão) de escolas municipais da DRE São Miguel, pais e mães de estudantes destas salas, professoras das SAE (Salas de Apoio Especializado) das escolas estaduais da DE Leste 2, profissionais das UBS e do instituto que trabalha com cegos no Itaim Paulista e conselheiros(as) tutelares.

44.    GT-Gestão escolar – Realizará reunião com diretores(as) de escolas estaduais e municipais da área de Itaim Paulista e Jardim Helena em 9 de agosto de 2013, das 9h30 às 12h, na Emef Armando Cridey Righetti, rua Cordão de São Francisco 797, em frente à estação de trem do Itam Paulista. Deverá convidar para o GT também vice-diretores(as) e professores coordenadores de escolas estaduais, assistentes de direção e coordenadores pedagógicos das escolas municipais, integrantes de conselhos de escolas estaduais e municipais, supervisores de Diretorias Regionais de Educação (municipais) e de Diretorias de Ensino Leste 2 e Leste 3 (estaduais), Apeoesp e Simpeem.

45.    GT-Equilíbrio ambiental – Realizará reunião em 16 de agosto de 2013 para a qual convidará professores(as) e estudantes de escolas básicas envolvidos(s) com projetos relativos ao tema. Visitará parques públicos e convidará integrantes de seus conselhos gestores, além de especialistas prioritariamente com envolvimento em ações na região.

46.    GT-Convívio escolar – Deverá conversar com professores(as) da Emef Armando Cridey Righetti e convidar pessoas das 150 famílias que participam do programa Ação Família, da Fundação Tide Setúbal.

47.    Será enviada mensagem para as pessoas que já se inscreveram perguntando se poderão comparecer. Até 26 de julho de 2013, havia 129 inscritas. Será intensificada a divulgação do site do Fórum para o Desenvolvimento da Zona Leste zonalesteestudosecidadania.com.br/index.php para ampliar o número de incrições.

 


 

Anexo 1

2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local

1. Objetivo geral

Mobilizar pessoas e organizações dispostas a realizar a educação como desenvolvimento local em distritos prioritários da Zona Leste do município de São Paulo.

 

2. Objetivos específicos

2.1 Constituir pontos de vista comuns e fundamentados sobre os desafios da educação como desenvolvimento local.

2.2 Tratar de um arco amplo de temas.

2.3 Formular de propostas de ação.

2.4 Estabelecer compromissos das pessoas e organizações participantes em realizar as propostas de ação e multiplicar as alianças.

 

3. Grupos de trabalho temáticos

Grupo de Trabalho

Responsáveis

1. Transporte - Ampliar e adequar transporte público para circulação intra e inter bairros e municípios vizinhos

Euclides Kiko Mendes euclides@cefat.org.br 98352-7013

2. Escolaridade - Aumentar a cobertura e o aproveitamento dos serviços de escolarização básica e superior

Elie Ghanem (USP) elie@usp.br 99219-9960

3. Comunicação - Desenvolver a comunicação comunitária através de diversos meios

Andrelissa Ruiz (Fundação Tide Setúbal) andrelissa_tr@yahoo.com.br 98149-4422

4. Elaboração de políticas - Diálogo entre comunidades e poder público em torno do planejamento democrático e integrado das ações de seus diferentes setores

Anderson Migri da Cunha (Associação de Mulheres do Jardim Camargo Novo, Rede Creche) anderson.migri@ig.com.br 98444-9626

5. Economia local – Dinamizar com investimentos no território e humanizar com ações de economia solidária

Viviane D'Almeida (Instituto Alana) viviane@alana.org.br 99589-8758

6. Segurança pública - Estabelecer uma política democrática intersetorial

Pedro Cerri Filho (Conseg Jardim Helena) p.cerri@uol.com.br 97491-5633

7. Saúde - Implementar medidas permanentes de promoção e tratamento da saúde

Paulo Martins Moreira (conselheiro UBS Romano) paulobomgot@gmail.com 96564-5644

8. Pesquisa sobre realidade local – Envolvendo escolas, universidades, órgãos públicos e associações

Valter Costa (DRE Itaquera) valterdealmeidacosta882@gmail.com 99968-8334; Dionel Costa Jr (DRE Itaquera) dionelcjunior@gmail.com; Zilda Borges da Silva (DRE Itaquera) zildaborgesdasilva@ig.com.br; Ocimar Leme (Emef Dr José Pedro) cidbrown@uol.com.br

 

 

Grupo de Trabalho

Responsáveis

9. Pessoas com deficiência - Incluir nos serviços e atividades

Clarice Martinez (Emef Vicente Amato) clarice.martinez@uol.com.br 2963-8611

10. Gestão escolar - Iniciar gestão colaborativa entre escolas

Antônio Batista (Cenpec) antonio.batista@cenpec.org.br; Maria Cláudia Fernandes (Emef Armando Cridey Righetti) ma.claudia@ig.com.br 2586-5533

11. Equilíbrio ambiental - Em suas dimensões natural e social

Renato Nascimento (Ação Educativa) renato@acaoeducativa.org 3151-2333; Teresa Andrade (DE Leste 2) teresandrade.edu@ig.com.br 98939-7835

12. Convivência escolar - Pactuada e agradável, democrática e humanizada

Andréia Quiquinato (Emef Dr José Pedro Leite Cordeiro) apq_2002@yahoo.com.br 99104-7159; Viviane Herkowitz (Fundação Tide Setúbal) viviane@ftas.org.br 99688-9424

 

4. Recomendações para formato e processo

Recomendação

1.       Ação articulada de diretorias regionais de educação(municipais) e diretorias de ensino (estaduais) para estimular a produção de conhecimento na Zona Leste

2.       Aproveitar e compartilhar pesquisas e registros sobre a realidade local como subsídios aos debates do seminário (ex. pesquisas do Cenpec sobre escolas; pesquisa sobre ocorrências e inicitivas das escolas, apresentada no seminário de 2012; pesquisas e vídeo sobre o movimento de saúde)

3.       Atuar simultaneamente em diferentes níveis de articulação e de abrangência, das ações conjuntas mais imediatas e circunscritas àquelas que implicam decisões políticas de amplo alcance (regional, municipal, estadual, nacional e internacional)

4.       Construir alianças entre órgãos públicos e organizações da sociedade civil e manter a pressão e negociação legítimas destas organizações sobre o poder público

5.       Convidar atores institucionais e redes voltados aos mais variados setores de políticas públicas.

6.       Criar oportunidades para conversar a respeito nos equipamentos educacionais

7.       Enfocar os problemas como resultantes da falta de respeito a direitos

8.       Envolver estudantes e criar condições para que tenham voz. Tomar providências práticas para que crianças e jovens se expressem sobre as decisões e políticas que lhes dizem respeito, por exemplo, com tempo e apoio efetivo nas escolas para isto.

9.       Evitar o isolamento com a perspectiva de ser parte de um movimento que abrange o conjunto da cidade de São Paulo

10.    Evitar que políticas voltadas para grandes obras se sobreponham a políticas básicas para enfrentar a miséria e a violência

11.    Gerar as políticas necessárias considerando as peculiaridades de cada distrito

12.    Nas prioridades já definidas por órgãos públicos e organizações da sociedade civil (p. ex., inclusão de pessoas com necessidades especiais), identificar as que são comuns e estabelecer alianças para enfrentá-las

13.    Potencializar o que já existe de trabalho de redes e instituições

14.    Priorizar fóruns públicos previstos em lei, a exemplo do Fórum de Direitos da Criança e do Adolescente, frente ao trabalho de mobilização de redes

15.    Tomar medidas para que o debate tenha continuidade

 

 

Anexo 2

COMUNICADO PARA A IMPRENSA

 

Comunidades da Zona Leste debatem educação como desenvolvimento

 

Seminário na USP Leste reúne órgãos públicos e sociedade civil para propor ações e compromissos

 

Mobilizar pessoas e organizações dispostas a realizar a educação como desenvolvimento local em distritos prioritários da Zona Leste do município de São Paulo. Este é o objetivo do conjunto de órgãos públicos e de organizações da sociedade civil que se reunirá no próximo dia 30 de agosto, na USP Leste, para a realização do 2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local.

 

Pessoas de mais de quinze instituições estão organizando o encontro e já foram constituídos doze grupos de trabalho temáticos. Pretende-se que o seminário produza propostas de ação e compromissos para realizá-las. Os temas estão concebidos como fatores importantes para uma educação que seja ao mesmo tempo um processo de desenvolvimento das pessoas, tanto como indivíduos quanto como integrantes das comunidades locais.

 

Os responsáveis pelo Grupo de Trabalho sobre Transporte, por exemplo, contarão com especialistas para contribuir com propostas de ação formuladas pelo grupo visando a ampliar a mobilidade urbana. E assim será com os outros temas: escolaridade, comunicação, economia local, segurança pública, saúde, pesquisa sobre realidade local, pessoas com deficiência, gestão escolar, equilíbrio ambiental, convivência escolar e elaboração de políticas em diálogo com o poder público.

 

Na parte inicial, os participantes se reunirão por grupos de trabalho e, em seguida, estarão juntos numa plenária para apresentar e apreciar os resultados dos grupos e para a manifestação de representantes da prefeitura, do governo estadual e do federal, que serão convidados.

 

Entre os participantes do 2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local estão as Diretorias Regionais de Educação de São Miguel e de Itaquera (municipais), a Diretoria Regional de Ensino Leste 2 (estadual), profissionais de escolas públicas, a Universidade de São Paulo (Faculdade de Educação e USP Leste), o CIC-Centro de Integração e Cidadania Leste, integrantes de conselhos gestores de unidades básicas de saúde, assim como as organizações Ação Educativa, Cenpec, Fundação Tide Setúbal, Instituto Alana, Associação de Mulheres do Jardim Camargo Novo, Rede Creche e rádio Integração.

 

Confira a programação:

12h30-13h20            Recepção

13h20-13h30            Abertura

13h30-14h30            Grupos de Trabalho: elaborar propostas de ação

14h30-15h00            Grupos de Trabalho: comentários de especialistas às propostas de ação

15h00-15h30            Grupos de Trabalho: escolha de 3 ações prioritárias

15h30-15h50            Intervalo

15h50-16h40            Plenária: painel de ações prioritárias dos GTs

16h40-17h10            Plenária: palavra aberta: recomendações às ações prioritárias dos GTs

17h10-17h40            Plenária: palavra do poder público

17h40-18h00            Plenária: palavra aberta: recomendações ao processo de educação como desenvolvimento local

 

Serviço:

 

2º Seminário Educação como Desenvolvimento Local

Data 30 de agosto de 2013

Horário: das 13h às 18h

Local: USP Leste (Av. Arlindo Béttio 1000 Ermelino Matarazzo, São Paulo)

Informações e pré-inscrições: zonalesteestudosecidadania.com.br/index.php

Anexo 3

Participaram de Reuniões Preparatórias

1.       Adriana Enéas Arena Pereira (DRE São Miguel, supervisora),

2.       Alessandra Lemos (Unicastelo, estudante),

3.       Alex Moreira Roberto (EE Lino de Mattos, professor),

4.       Alexandre César Gilsolamo Oliveira (CEU Vila Curuçá, coordenador de ação educacional),

5.       Amanda Moreira (USP Leste, estudante),

6.       Ana Lucia dos Santos Siqueira (DE Leste 2, supervisora),

7.       Anderson Migri da Cunha (Associação de Mulheres do Jardim Camargo Velho, integrante),

8.       André Migri (Associação de Mulheres do Jardim Camargo Velho, presidente),

9.       Andrea Carrasco (EE Prof Clóvis Renê Calabrez, professra mediadora),

10.    Andréia Pereira Quiquinato (Emef Dr José Pedro Leite Cordeiro, diretora),

11.    Andrelissa Ruiz (Fundação Tide Setúbal, comunicadora),

12.    Antônio Augusto Gomes Batista (Cenpec, coordenador),

13.    Antonio Lopes (Conselho Gestor UBS Saíto da Casa Pintada, conselheiro),

14.    Carlos A. Martins (DRE Penha, técnico)

15.    Carlos Alberto Xavier da Silva (Conselho Gestor UBS Vila Jacuí, conselheiro)

16.    Carlos H. Santos (Associação Beneficente aos Carentes Criativa)

17.    Carlos Ivan Correia Maia (Subprefeitura de Itaim Paulista, assessor),

18.    Carolina da Costa e Silva (Instituto Federal de São Paulo, professora),

19.    Carolina Nascimento (Instituto Paulo Montenegro, comunicadora),

20.    Célia Araújo de Carvalho (Emef Antonio Carlos de Andrada e Silva, professora),

21.    Clarice Aparecida Martinez (Emef Vicente Amato Sobrinho, coordenadora pedagógica),

22.    Claudinei Baptista Clemente (EE Dep João Dória, professor mediador),

23.    Cristiane Silva Braga (Emef CEU Três Pontes, professora),

24.    Danilo Oiveira Guimarães (Instituto Alana, analista de projetos),

25.    Dionel da Costa Júnior (DRE Itaquera, técnico),

26.    Edgley Cavalcante (pastor),

27.    Elie Ghanem (Faculdade de Educação da USP, professor),

28.    Euclides Kiko Mendes (Conselho Gestor UBS Jardim Romano, conselheiro),

29.    Eva Santos (DE Leste 2, dirigente),

30.    Evilasio Lopes (ativista),

31.    Fátima Aparecida Romão (Diretoria Regional de Educação Itaquera, assessora),

32.    Flávia da Silva Coco (Instituto Alana, comunicadora),

33.    Francisco Assunção (movimento por direitos da infância, ativista),

34.    Geramildo Nicolau da Silva (Associação de Amigos e Moradores do Jardim São Vicente, presidente),

35.    Graziela Burrini Silva (DRE São Miguel, Diretoria de Programas, coordenadora),

36.    Hamilton Harley de Carvalhoi Silva (Cenpec, pesquisador),

37.    Iara Rita Ribeiro Fontes (Emef General Newton Reis, professora),

38.    Irineu Morelo Junior (EE Amadeu Amaral)

39.    Isabel Cristina Calado Soares (EE Prof Francisco Pereira),

40.    Ivanildo Lima Santos (Fórum de Cultura de São Miguel, integrante),

41.    João Celestino da Silva (Vila Rosária, representante),

42.    João Galvino (DRE São Miguel, coordenador),

43.    Joelma Ferreira (Colégio Qualitativo, diretora),

44.    Josafá Rehem Nascimento Vieira (Emef Capistrano de Abreu, diretor),

45.    José Anito Esteves Pereira,

46.    José Batista Dias (Jardim Maia, morador),

47.    José Cláudio Silva (Emef Armando Cridey Righetti, professor),

48.    José Donizetti Augusto (EE José Righeto Sobrinho, professor mediador),

49.    José Luiz Cometa Adeve (Fundação Tide Setúbal, comunicador),

50.    José Marcos Marquinhos (Clube da Cidade do Jardim Helena, instrutor),

51.    José Nilton Lopes (Emef Armando Cridey Riguetti, diretor),

52.    Juliane Cintra de Oliveira (Ação Educativa, jornalista)

53.    Kátia Cilene da Silva (EE Madre Paulina, professora mediadora),

54.    Kátia Dias Bassiano (Emef Dr José Pedro Leite Cordeiro, professora),

55.    Manoel Romão de Souza (DRE São Miguel, diretor),

56.    Mansimi Okumura Yoshii (Associação Cultural e Desportiva Nikkey São Miguel, integrante),

57.    Marcelo Ribeiro Fontes (CET, técnico),

58.    Márcia Duarte Costa (Instituto Alana, comunicadora),

59.    Maria Cláudia Vieira Fernandes (Emef Armando Cridey Righetti, diretora),

60.    Maria Cristina Antoniak (Emef José Honório Rodrigues, coordenadora pedagógica),

61.    Maria de Lourdes Nascimento (ativista)

62.    Maria de Lourdes P. Garcia (Unicastelo, estudante),

63.    Maria Eduarda dos Santos Silva (Emef General Newton Reis, estudante),

64.    Maria Rosangela Santos Queiroz Tavares (Conselho Gestor UBS Vila Progresso, conselheira)

65.    Maria Socorro Gonçalves Torquato (Feusp, pesquisadora),

66.    Marli Viana (Emef José Honório Rodrigues, coordenadora pedagógica),

67.    Mauro Soares Cordeiro (Faculdade de Educação da USP, pesquisador),

68.    Mirtes Moreira Silva (DRE Penha, técnica)

69.    Nelson de Almeida (Rádio Integração, locutor),

70.    Ocimar Leme (Emef Dr José Pedro Leite Cordeiro, professor),

71.    Osvaldo Silva Pereira (Conselho Gestor UBS Jardim Maia, conselheiro)

72.    Oswaldo Ribeiro (Instituto Alana),

73.    Paulo Ferreira Silva (DE Leste 2, executivo público),

74.    Paulo Martins Moreira (Conselho Gestor Hospital Tide Setúbal, conselheiro),

75.    Pedro Cerri Filho (Emef Capistrano de Abreu, professor),

76.    Renata Porto Bugni (Centro de Integração da Cidadania, diretora),

77.    Renato Márcio do Nascimento (Ação Educativa, assessor),

78.    Renato Maurício Oliveira (Emef Antonio Carlos de Andrada e Silva, professor),

79.    Ricardo Lima da Silva (ativista),

80.    Rodrigo Souza (Fundação Tide Setúbal, comunicador),

81.    Rosangela Nascimento Souza (Conselho Tutelar, conselheira),

82.    Rosinha dos Santos (Fórum de Defesa da Criança e do Adolescente de Itaim Paulista, integrante),

83.    Ruth Maria P. Silva (Conselho Gestor UBS Jardim Romano, conselheira),

84.    Sandra Miranda (EE Mário Kozel Filho, professora),

85.    Sandra Sueli Marques do Nascimento (Unicastelo, estudante),

86.    Selma Costa Ferreira (DRE São Miguel, técnica),

87.    Silvana Maria Ribeiro (Faculdade de Saúde Pública USP, pesquisadora),

88.    Stephanie Miranda Silva (Emef General Newton Reis, estudante),

89.    Tânia Alves (Unicastelo, estudante),

90.    Teresa de Souza Andrade (DE Leste 2, supervisora),

91.    Thaís Bernardes (Ação Educativa, assessora),

92.    Valquíria Ribeiro (CEI Chácara Dona Olívia, educadora),

93.    Valter Almeida Costa (DRE Itaquera, diretor),

94.    Vanda Mendes Ribeiro (Cenpec, pesquisadora),

95.    Vanda Serra (Emef Comendador Vicente Amato Sobrinho, assistente de direção),

96.    Vanessa Santos (Associação Beneficente aos Carentes Criativa)

97.    Vera Alice Quiqueto (DE Leste 2, supervisora),

98.    Vera Aparecida Miguel (Conselho da Emef Armando Cridey Righetti, conselheira),

99.    Vitor Hugo Nascimento dos Reis (ativista),

100. Viviane D'Almeida (Instituto Alana, assistente social),

101. Viviane Hercowitz (Fundação Tide Setúbal, psicóloga),

102. Zilda Borges da Silva (DRE Itaquera, coordenadora).

103. Zulu de Arrebatá (Fórum de Cultura de São Miguel, compositor).

 

Orgãos Públicos e Organizações da Sociedade Civil Que Colaboram com a Realização do Seminário

1.       Ação Educativa

2.       Associação Beneficente aos Carentes Criativa

3.       Associação Cultural e Desportiva Nikkey São Miguel

4.       Associação de Amigos e Moradores do Jardim São Vicente

5.       Associação de Mulheres do Jardim Camargo Velho

6.       Centro de Educacao Infantil Chácara Dona Olívia

7.       Cenpec-Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária

8.       Centro de Integração da Cidadania

9.       Centro de Educacao Unificado Vila Curuçá

10.    Clube da Cidade do Jardim Helena

11.    Colégio Qualitativo

12.    Conselho Gestor Hospital Tide Setúbal

13.    Conselho Gestor Unidade Basica Saúde Jardim Maia

14.    Conselho Gestor Unidade Basica Saúde Jardim Romano

15.    Conselho Gestor Unidade Basica Saúde Sítio da Casa Pintada

16.    Conselho Gestor Unidade Basica Saúde Vila Jacuí

17.    Conselho Gestor Unidade Basica Saúde Vila Progresso

18.    Diretoria de Ensino Leste 2

19.    Diretoria Regional de Educação Itaquera

20.    Diretoria Regional de Educação Penha

21.    Diretoria Regional de Educação São Miguel

22.    Escola Estadual Deputado João Dória

23.    Escola Estadual José Righeto Sobrinho

24.    Escola Estadual Lino de Mattos

25.    Escola Estadual Madre Paulina

26.    Escola Estadual Mário Kozel Filho

27.    Escola Estadual Prof Clóvis Renê Calabrez

28.    Escola Estadual Prof Francisco Pereira

29.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Amadeu Amaral

30.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Antonio Carlos de Andrada e Silva

31.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Armando Cridey Righetti

32.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Capistrano de Abreu

33.    Escola Municipal de Ensino Fundamental CEU Três Pontes

34.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Comendador Vicente Amato Sobrinho

35.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr José Pedro Leite Cordeiro

36.    Escola Municipal de Ensino Fundamental General Newton Reis

37.    Escola Municipal de Ensino Fundamental José Honório Rodrigues

38.    Escola Municipal de Ensino Fundamental Vicente Amato Sobrinho

39.    Faculdade de Educação da USP

40.    Fórum de Cultura de São Miguel

41.    Fundação Tide Setúbal

42.    Instituto Alana

43.    Instituto Paulo Montenegro

44.    Movimento Rede Creche

45.    Rádio Integração

46.    Subprefeitura de Itaim Paulista

47.    Unicastelo

48.    USP Leste

 



* Redação: Elie Ghanem.